A ARBA, dá a conhecer a informação sobre o sistema de comunicações digitais em FDMA tipo C4FM, designado Yaesu Fusion.

Este protocolo não é compatível com o D-Star da Icom, mas tem sobre estes várias vantagens.

Uma, e das mais importantes, é que a nível de estações repetidoras quer em VHF quer em UHF, quem tiver equipamentos analógicos de FM, pode usar os repetidores Yaesu Fusion, que a sua retransmissão será feita sem alteração, ou seja, como se de um repetidor normal se tratasse. Apenas retransmitirá em Yaesu Fusion, se a emissão enviada para o repetidor for do mesmo tipo.

Os CODEC’s são já AMBE PLUS no Fusion, contrariamente aos 2020 do D-Star. Outra das vantagens do Sistema Fusion da Yaesu, é que existem 3 tipos de transmissão digital nos emissores/receptores na largura de banda de 12,5KHz que ocupa:

1ª – Pode ser usada na totalidade a largura de banda, para melhor qualidade de áudio das comunicações (FR Mode – Voice Full Rate Mode);

2ª – Quando usado metade da largura para voz e a outra metade para dados, diminui a qualidade de áudio, mas além de voz e dados, são enviados potentes códigos de correcção de erros, evitando assim interrupções e distorções do áudio (V/D Mode – Modo de Comunicação de Voz e Dados em simultâneo);

3ª – Pode ser usada toda a largura de banda do modo digital para transmissão de dados, permitindo maior velocidade de transmissão dos mesmos, nomeadamente, enviar e receber imagens rapidamente ( Data FR Mode – Modo de comunicações de dados de alta velocidade);

Como os emissores/receptores da Yaesu em Sistema Fusion Digital têm GPS, no seu visor poderá visualizar a a que distância e direcção se encontram as outras estações que estejam registadas no grupo. Já se têm efectuados contactos com diversas associações de radioamadores, visto que as estações repetidoras de amador só podem ser legalizadas por estas, para a possível instalação de repetidores do sistema Yaesu Fusion, quer em UHF quer em VHF.